Visitas a detentos em unidades prisionais de PE são retomadas em 8 de agosto, anuncia governo


As visitas a detentos em todos os 23 presídios, penitenciárias e cadeias de Pernambuco são retomadas no dia 8 de agosto. O anúncio foi feito, na manhã desta quinta-feira (30), pelo secretário de Justiça e Direitos Humanos de Pernambuco (SJDH), Pedro Eurico. Elas estavam suspensas desde 20 de março devido à pandemia da Covid-19


Essa suspensão teve o prazo prorrogado, pois a medida estava prevista para durar até a sexta-feira (31). Segundo o governo estadual, as visitas serão realizadas quinzenalmente aos sábados e domingos, por uma pessoa, durante, no máximo, duas horas. Na entrada, a temperatura corporal das pessoas será aferida.

Não podem participar das visitas crianças, mulheres grávidas e idosos com mais de 60 anos. A entrega de alimentos e produtos também passa por modificação. Além da revista padrão, está prevista a sanitização dos objetos. No entanto, as visitas íntimas continuam suspensas.

Para as pessoas que querem visitar parentes que foram presos nos últimos cinco meses, é necessário procurar o presídio, a cadeia ou a penitenciária para fazer o registro de visitante. O serviço está disponível entre os dias 1º e 8 de agosto.

Além disso, é obrigatório o uso de máscaras. De acordo com o secretário, o governo estadual distribuiu mais de 150 mil máscaras de proteção entre os presos, agentes e policiais para garantir o uso do item de segurança por eles.


"Se nós não tivermos o respeito de todos pelas medidas de restrição que nós estamos levando adiante, nós vamos fechar as unidades. Existem regiões no estado que ainda estão em situação de maior vulnerabilidade. Se houver risco de contaminação, nós vamos talvez chegar a necessidade de restringir as visitas em determinados locais", afirmou o secretário.