Vacina contra coronavírus começa a ser testada nos Estados Unidos


As empresas farmacêuticas como aPfzereBioNTechcomeçaram a realizar testes davacina contra o novo coronavírus(Covid-19) em seres humanos nosEstados Unidos, na última terça-feira (5).


As duas companhias estão testando quatro opções de vacina contra o coronavírus inicialmente, para ter mais segurança. Segundo os desenvolvedores, se uma das vacinas funcionar, haverá possibilidade de o produto ser disponibilizado entre setembro e dezembro de 2020.

O primeiro grupo testado com as vacinas é formado por pessoas saudáveis de 18 a 55 anos. Eles receberão vacinas nas escolas de medicina da Universidade de Nova York e da Universidade de Maryland.


"Esperamos avançar de forma rápida e colaborativa com nossos parceiros da BioNTech e autoridades reguladoras para levar uma vacina segura e eficaz aos pacientes que mais precisam. O curto prazo de menos de quatro meses em que fomos capazes de passar de estudos pré-clínicos para testes em humanos é extraordinário e demonstra ainda mais nosso compromisso de dedicar nossos melhores recursos da classe, do laboratório à fabricação e além, na batalha contra a covid-19", explica o presidente e CEO da Pfizer, Albert Bourla.

Após esses primeiros estudos, para que as pesquisas continuem, adultos mais velhos serão imunizados com as vacinas que tiverem um resultado melhor no teste com os mais jovens.

*Com informações do JC