Um dos detentos que fugiu do presídio de Limoeiro é um dos homicidas mais perigosos de Pernambuco


De acordo com o Sindicato dos Policiais Penais de Pernambuco, um dos detentos que conseguiu fugir da Penitenciária Doutor Ênio Pessoa Guerra, em Limoeiro, no Agreste de Pernambuco, na madrugada desta quinta-feira (9), é um dos homicidas mais perigosos do Estado.

Jerry Adriani Gomes da Silva, conhecido como Nego de Lídio, de 50 anos, é acusado de 25 mortes, assaltos a carros-fortes e bancos. Em dezembro de 2014, o criminoso também conseguiu da Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá. Ele só foi recuperado em 2018, no Piauí.

A ação

Segundo a Polícia Militar, homens que chegaram em um carro, por volta das 3h30, usaram explosivo para abrir um buraco no muro da unidade e metralharam a guarita. Um número ainda não identificado de detentos conseguiu fugir.