Sertânia realiza ações para evitar proliferação do Aedes aegypti

A prefeitura de Sertânia, no Sertão de Pernambuco, está realizando ações para evitar proliferação do Aedes aegypti. Mesmo diante da pandemia do novo coronavírus, a Vigilância em Saúde visa diminuir os números de dengue, zika e chikungunya com serviços de borrifação e bloqueio.

A ação acontece em comunidades com histórico de surtos e casos suspeitos, de acordo com o Levantamento Rápido de Índices de Infestação pelo Aedes Aegypti (Liraa). O intuito é eliminar os criadouros e evitar uma futura epidemia no município das doenças causadas pelo mosquito. De acordo com a assessoria, a principal iniciativa para combater o Aedes aegypti é a campanha educativa realizada através de vários meios. O mais importante deles é o trabalho feito pelos Agentes de Combate a Endemias, que em suas visitas domiciliares orientam às pessoas sobre os cuidados que devem ter para eliminar os criadouros. A Vigilância em Saúde fica na Avenida Agamenon Magalhães, ao lado do Centro de Especialidades Odontológicas (CEO). No local é possível pegar o peixe GUP, que come a larva do Aedes.