Prefeito de Ribeirão Bonito é assassinado a tiros e outras duas pessoas são baleadas


Chiquinho Campaner (PSDB) estava em um carro com o chefe de gabinete e um amigo, na tarde desta quinta-feira (26). Motivação e autoria ainda são desconhecidas.


O prefeito de Ribeirão Bonito (SP), Francisco José Campaner (PSDB), conhecido como Chiquinho Campaner, foi assassinado a tiros na tarde desta quinta-feira (26), segundo informações obtidas pela EPTV, afiliada da TV Globo. Outras duas pessoas foram baleadas.

O crime aconteceu em uma estrada de terra na zona rural, na entrada do município. A motivação e a autoria do crime ainda são desconhecidos.

Campaner, de 57 anos, estava em um carro acompanhado do chefe de gabinete, Edmo Gonçalo Marchetti, e do amigo Ary Santa Rosa, que também foram baleados.

O prefeito morreu no local e a suspeita é que ele tenha sido atingido por quatro tiros. Os feridos foram socorridos para a Santa Casa de São Carlos e o estado de saúde deles é estável, segundo asssessoria do hospital.

O lavrador Claudinei Bonani foi o primeiro a chegar ao local do crime. "Vi o prefeito caído, juntamente com o Edmo [chefe de gabinete], pedindo socorro".

Investigação

Segundo a Polícia Civil, o prefeito não tinha registrado boletim de ocorrência relatando algum tipo de ameaça.




"Não temos nenhuma pista, mas nós vamos ter todo empenho para esclarecer. Vou ouvir o pessoal da chácara onde o prefeito estava antes do crime", disse o delegado Reinaldo Lopes Machado.

A polícia está recebendo informações sobre os autores pelo Disque Denúncia, no 181.