Polícia resgata adolescente grávida sequestrada e detém 11 suspeitos em Gravatá


Suspeitos de praticar crimes como tráfico de drogas, roubo de cargas e assaltos foram detidos por policiais militares da 5ª CIPM e pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde dessa quinta-feira (30), nas cidades de Amaraji e Gravatá, na Zona da Mata e no Agreste de Pernambuco, respectivamente. Durante a ação, uma adolescente de 17 anos, grávida de sete meses, foi resgatada pelos policiais. A quadrilha é formada por 11 integrantes, com idades entre 18 e 46 anos.


De acordo com a PRF, a vítima foi encontrada em um cativeiro em Gravatá. No local, a polícia apreendeu duas armas e deteve dois homens e duas mulheres, que mantinham a adolescente presa. "Nós chegamos ao grupo a partir de um trabalho de inteligência da Polícia Militar. A partir de um levantamento do núcleo, descobrimos o paradeiro da adolescente, que tinha sido sequestrada porque o irmão estava devendo dinheiro de droga ao grupo", explica o assessor de comunicação da PRF em Pernambuco, Cristiano Mesquita.


A adolescente estava sendo mantida refém há sete dias, e havia sido sequestrada no município de Belo Jardim, também no Agreste de Pernambuco. Segundo a polícia, ela estava bastante assustada no momento do resgate. "O caso ainda será investigado pela Polícia Civil, para identificar se o grupo é responsável por outros sequestros na região ou se há outros crimes praticados por eles. O que foi encontrado no local caracteriza tráfico de drogas, como balança de precisão", conta Cristiano.

Ao realizar abordagens em outras casas onde os suspeitos de integrar a quadrilha se escondiam, juntamente com os detidos, foram apreendidas três armas, 148 munições, 1,6 quilos de maconha, R$ 7.314 e cheques preenchidos. Além disso, havia uma caminhonete de luxo roubada, uma balança de precisão e um jammer, equipamento usado para bloquear sinal de rastreamento de caminhão, e um cone da PRF.

Os suspeitos e o material foram encaminhados para a delegacia de Gravatá, que ficará responsável por investigar o caso. A audiência de custódia acontece nesta sexta-feira (31). A vítima foi levada para o Conselho Tutelar do município agrestino.