Polícia investiga morte de criança de 5 anos após cair de prédio


A Polícia Civil de Pernambuco ouviu depoimentos sobre morte de menino de 5 anos, que caiu do 9º andar de um prédio, no Centro do Recife.

O local onde a criança de cinco anos caiu foi isolado pelo Instituto de Criminalística (IC). O caso aconteceu em um dos prédios conhecidos como Torres Gêmeas, no Cais de Santa Rita, no bairro de São José.


A delegacia de Santo Amaro deu início às investigações. Durante toda a noite dessa terça-feira (2), foram colhidos os depoimentos da mãe, do patrão que ajudou no socorro da criança e da esposa dele. Um representante da empresa responsável pelas câmeras de segurança do prédio também foi ouvido pela polícia.

As imagens do caso foram entregues ao delegado Ramon Teixeira. Após ser ouvida, a mãe do menino foi levada para a casa de familiares, em Jaboatão dos Guararapes, na Região Metropolitana.

Os donos do apartamento saíram, horas depois.

O caso

Segundo a perícia, o menino estava no 5º andar, onde a mãe trabalha em um apartamento. Ele entrou em um elevador e foi até o 9º andar. No local, teve acesso ao hall de serviço, onde fica o condensador de ar-condicionado.

A perícia concluiu que o garoto teria se pendurado em um guarda-peito de metal e caído de uma altura de 35 metros. O perito André Amaral relatou que a área, localizada no 9º andar, estava aberta e sem nenhuma proteção.

Ainda segundo o perito, testemunhas disseram que o garoto estaria procurando pela mãe

Socorro

O menino chegou a ser levado pelo dono do apartamento onde a mãe da criança trabalha para o Hospital da Restauração, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.


Por: TV Jornal