Polícia encontra fuzil, 'supermaconha' e mais de 7 kg de cocaína em flat em Boa Viagem, no Recife


A Polícia Federal de Pernambuco com apoio de Policias Militares lotados no 18º BPM do Cabo de Santo Agostinho/PE, prenderam, ontem, dia 03/08/2020, por volta das 13h, um motorista, de 28 anos, solteiro, natural de Recife/PE e residente em Boa Viagem/PE-(não possui antecedentes criminais) e uma manicure/maquiadora, de 21 anos, solteira, natural de Jaboatão dos Guararapes/PE e residente no bairro do Ibura/PE-(não possui antecedentes criminais).


As prisões aconteceram através de investigações realizada pela Delegacia de Repressão a Drogas na área de inteligência, dando conta de que um suspeito estaria vindo de Maceió/AL num veículo Fox de cor preta, transportando uma certa quantidade de material entorpecente. De posse dessas informações foi montada uma barreira policial no bairro da Charneca no Cabo de Santo Agostinho/PE com o apoio da Policia Militar de Pernambuco (18º BPM) já que era uma passagem obrigatória, com o objetivo de abordar o veículo e constatar a veracidade das informações levantadas pelos policiais federais.


A ação teve seu desfecho quando por volta das 13h o veículo foi visualizado e parado na barreira policial, estando ocupado por um casal e ao ser feita uma busca minuciosa no interior do carro logrou-se êxito em encontrar no compartimento do airbag cerca de 15Kg de crack. Na sequencia o suspeito franqueou o acesso ao apartamento onde reside em Boa Viagem/PE e lá os policiais encontraram 2.3Kg de skunk-(considerada como super-maconha), 7,2Kg de cocaína pura, uma pistola calibre 380 com 22 munições, 72 munições calibre 762 usada em fuzil AK-47, balança digital. R$ 3.194,00 reais, 02 relógios, 08 aparelhos celulares, além de materiais para acondicionamento da droga tais como fitas adesivas e sacos plásticos.


Terminado os trabalhos e tendo sido encontrado a droga, munição, armamento e dinheiro, os suspeitos, receberam, voz de prisão em flagrante, foram informados dos seus direitos e garantias constitucionais e em seguida foram conduzidos para a Superintendência da Polícia Federal, localizada no Cais do Apolo, para as formalidades legais de Polícia Judiciária, onde foram autuados em flagrante pela prática contida no artigo 16, e 14 da Lei 10.826/2003 e Artigo 33 c/c Art. 40, V da Lei 11.343/2006 (porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, posse ilegal munição de uso restrito e tráfico interestadual de entorpecentes) e, caso venham a ser condenados poderá pegar penas que variam de 4 a 25 anos de reclusão).

Os presos irão realizar exame de corpo de delito no IML-Instituto de Medicina Legal na data de hoje e em seguida serão encaminhados para a audiência de custódia e caso seja confirmada suas prisões preventivas, ambos serão encaminhados para os respectivos sistemas prisionais (COTEL-Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna e Colônia Penal Feminina) onde ficarão à disposição da Justiça Estadual da Comarca do Cabo de Santo de Agostinho/PE.


Em seu interrogatório o preso informou que havia recebido R$ 3 mil reais para ir buscar a droga em Maceió/AL para depois ser distribuída no Cabo de Santo Agostinho, Ipojuca e alguns bairros na Região Metropolitana do Recife/PE. Disse que a sua companheira não tem envolvimento nenhum com o tráfico de drogas e que o aluguel do flat que morava em Boa Viagem era de R$ 1.800 reais pago por uma pessoa que não conhece.


Por fim disse informou que é a segunda vez que faz o transporte de drogas de Maceió/AL para Recife/PE e que o veículo não lhe pertence tendo o recebido com a droga já acondicionada no Airbag. Já a suspeita negou qualquer tipo de envolvimento com o tráfico de drogas e nunca presenciou qualquer tipo de material entorpecentes nas vezes que estava com o suspeito.