PM reforça ações em áreas de comércio no fim de ano e fiscaliza medidas contra novo coronavírus


Marcados pela pandemia do novo coronavírus, os festejos de fim de ano terão reforço no policiamento ostensivo nas áreas de comércio em Pernambuco. A corporação também vai atuar na fiscalização medidas contra a disseminação da doença.

Nessa quinta (3), a Polícia Militar divulgou detalhes da operação de segurança para o Natal e Réveillon, que contará com três mil PMs, em média, em todas as regiões.

As informações foram repassadas durante entrevista coletiva concedida no Quartel do Derby, sede da corporação, na área central do Recife.

“Vamos atuar em conjunto com a Vigilância Sanitária, bombeiros e Procon, para garantir o distanciamento social e o cumprimento das regras de segurança na pandemia, determinadas pelo governo”, afirmou o diretor-adjunto de Planejamento Operacional da PM, coronel Ronaldo Tavares.

Este ano, a PM vai realizar operações distintas, de acordo com a região de Pernambuco. Haverá ações específicas na capital, no Grande Recife e nas áreas de comércio do Agreste, como Santa Cruz do Capibaribe, Toritama e Caruaru, especificamente na Feira da Sulanca.

Ao todo, serão cerca de oito mil postos de serviço para os policiais. Cada PM poderá trabalhar mais de uma vez, adotando a jornada extra.

“Isso significa que teremos 17% a mais de lançamentos, em 2020, em relação a 2019”, declarou Tavares.

Regiões No Grande Recife, a PM está realizando desde novembro a Operação Papai Noel, com 7.444 postos de trabalho, no horário comercial. Em dezembro, informou a corporação, serão 6.091 lançamentos, até o dia do Réveillon.

Olinda, Jaboatão e Paulista vão receber terão ações principalmente nos fins de semana, segundo a PM. No Agreste, haverá o reforço de 908 policiais militares. No Sertão, o efetivo empregado será de 445 homens.

Caruaru contará com a Operação Sulanca. Na área do comércio de roupas, serão empregados 57 policiais a mais por edição da feira. Eles atuarão em patrulhamento a pé, motorizado e montado.

A Operação Sulanca terá dois focos definidos: atuar nas rodovias que dão acesso à cidade, nas madrugadas que antecedem os eventos e realizar o policiamento ostensivo no perímetro da feira, dando segurança aos comerciantes, sulanqueiros e clientes. Serão doze dias de feiras com o policiamento reforçado, totalizando 256 lançamentos extraordinários.

Em Garanhuns, no Agreste, será realizada a Operação “A Magia Do Natal”. O reforço implantado prevê lançamento de equipes e motopatrulheiros a mais, aos sábados domingos e feriados, totalizando 188 PMs nos dias de evento.

A Operação Têxtil será responsável pela segurança em Toritama e Santa Cruz do Capibaribe. Além do policiamento ordinário, os municípios contarão, nos dias de feira, com o emprego extra diário de 20 PMs, além de outros 14 na véspera do Ano Novo, o que totaliza 374 lançamentos durante a operação.

Em Petrolina, no Sertão, o efetivo extra mobilizado para a Operação Final de Ano será de 151 lançamentos. Com isso, haverá mais 25 PMs, a cada fim de semana, no centro comercial da cidade. (G1)