Plantio de maconha é destruído durante operação na Serra da Canoa, em Floresta


A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) e o Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI), da Polícia Militar, realizaram na madrugada da quarta-feira (5) a Operação Erradicação na Estação Ecológica Serra da Canoa, em Floresta, no Sertão de Pernambuco. O objetivo da ação foi destruir um plantio de maconha no interior e no entorno da unidade de conservação.

Participaram da ação cinco agentes de fiscalização da CPRH e sete policiais do BEPI. Para a implantação do cultivo, os suspeitos desmataram uma área com árvores da caatinga. De acordo com a unidade de conservação, havia na área centenas de covas de plantio, galhos e troncos ressecados de maconha, além de embalagens plásticas utilizadas na produção das mudas.


Na estrutura improvisada, utilizada para abrigar os funcionários do plantio, foram encontradas quatro carcaças de tatu-peba, animal silvestre comum na região de caatinga. Não foram encontrados suspeitos no local. A CPRH informou que a área receberá reforço no monitoramento.