Pesquisa aponta que 95% das mulheres têm medo de serem vítimas de estupro


Para a população brasileira, o estupro, ao lado da violência doméstica e do assédio sexual, está entre os principais problemas que as mulheres enfrentam no país. Em uma pesquisa realizada pelos institutos Patrícia Galvão e Locomotiva e divulgada na segunda-feira (9/11), 95% das mulheres disseram ter medo de ser vítimas de estupro, sendo que 78% afirmaram ter muito medo.


Os dados mostram também que para 88% das mulheres e homens entrevistados, toda cidade deveria ter um serviço de aborto previsto na legislação. Já 81% consideram que, em caso de gravidez pós-estupro, a vítima deve buscar um serviço de saúde para interromper a gestação.


A pesquisa Percepção destacou que 92% dos homens entrevistados têm medo de que sua filha, mãe, esposa ou namorada seja vítima de violência sexual. Enquanto isso, 52% dos entrevistados, o que equivale a 85,7 milhões de brasileiros, conhecem uma mulher ou menina que foi vítima de estupro; e 16% das mulheres dizem que já foram vítimas de abuso.