Pernambuco teve a maior redução de homicídios de jovens e mulheres, diz Atlas da Violência

De acordo o Atlas da Violência 2020, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e lançado nesta quinta-feira (27), Pernambuco foi o estado que teve a maior taxa de redução de homicídios de jovens e mulheres. Além desse dado, outras análises apontam que o Estado alcançou um significativo avanço na Segurança Pública com números expressivos de redução. De acordo o Atlas da Violência 2020, elaborado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública e lançado nesta quinta-feira (27), Pernambuco foi o estado que teve a maior taxa de redução de homicídios de jovens e mulheres. Além desse dado, outras análises apontam que o Estado alcançou um significativo avanço na Segurança Pública com números expressivos de redução. No comparativo entre os anos de 2017 e 2018, Pernambuco teve a segunda maior queda na taxa de homicídios do Brasil, ficando atrás apenas do Acre. No mesmo intervalo de tempo, o Estado foi campeão na redução da taxa de assassinatos de jovens. Já na avaliação dos índices de 2008 a 2018, Pernambuco registrou a quarta maior diminuição de homicídios cometidos contra mulheres do País. Para o governador Paulo Câmara, o Atlas, pesquisa que analisa dados da criminalidade no País entre 2008 e 2018, retrata todo o esforço realizado na Segurança Pública, através do programa Pacto pela Vida. “Temos uma política pública consistente de enfrentamento à violência desde 2007”, destacou o governador. • Sistema Prisional de Pernambuco chega a 20 mil visitas virtuais• Operação prende 31 suspeitos de tráfico, latrocínio, roubo e estupro em Pernambuco• Pernambuco é o sétimo estado mais populoso do País e o segundo do Nordeste, segundo IBGE Os dados do Atlas consideram os números até 2018. Em 2019, Pernambuco continuou reduzindo homicídios, atingindo a segunda menor taxa da série histórica, iniciada em 2004. Em 2020, a pandemia do novo coronavírus dificultou o enfrentamento à violência, o que ocasionou o aumento das taxas de assassinatos na maior parte dos Estados brasileiros. “Tivemos um primeiro semestre difícil, mas, neste mês de agosto, há um indicativo de que vamos voltar a reduzir o número de homicídios em todas as regiões do Estado”, pontuou o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. Todos os dados do Atlas da Violência 2020 estão disponíveis na página do Fórum Brasileiro de Segurança Pública na internet: www.forumseguranca.org.br. P Por: Folha de Pernambuco