Pernambuco afirma ter estoque suficiente de seringas para iniciar vacinação contra covid-19

O estado informou, nesta quarta (13), que tem, em estoque, 3,9 milhões de seringas e agulhas. Governo federal disse que Pernambuco seria um dos sete estados que poderiam não ter insumos suficientes.



O governo de Pernambuco disse que tem, atualmente, 3,9 milhões de seringas preparadas para iniciar a imunização contra Covid-19. A informação foi divulgada nesta quarta (13), depois que o Ministério da Saúde informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que o estado seria uma das sete unidades da Federação que correm risco de não ter estoque suficiente para atender à demanda inicial de aplicação das vacinas.

Por meio de nota, a Secretaria de Saúde informou que "não procede a informação de que o estado não possui estoque suficiente de seringas e agulhas para começar a vacinação contra a Covid-19". Em Pernambuco, 2,8 milhões de pessoas fazem parte do grupo prioritário para recebimento das doses.

  • 3,9 milhões de seringas em estoque, diz governo do estado

  • Mais 10,3 milhões foram compradas e chegam até o fim de fevereiro

  • 2,8 milhões de pessoas fazem parte do grupo prioritário

  • População estimada de Pernambuco: 9,6 milhões de pessoas

A pasta informou, ainda, que o fornecimento do imunizante e dos insumos para aplicação é de responsabilidade do governo federal. Mesmo assim, segundo governo, foi antecipada a compra de seringas. Na nota, o estado informou que "dispõe de 3,9 milhões de unidades em estoque, vai receber mais 2,8 milhões de seringas até o fim de janeiro e outras 7,5 milhões já foram adquiridas e devem chegar ao estado até o fim do mês de fevereiro, totalizando 14,2 milhões de unidades". Por fim, o governo disse, também, que o quantitativo previsto para chegar ao estado, até fevereiro, "é mais do que suficiente para a imunização dos grupos prioritários da campanha de vacinação" e que foi iniciada, também, a distribuição de 1,5 milhão de seringas e agulhas aos municípios pernambucanos".


Por: G1/PE