PE veta ampliação de público em eventos e intensifica fiscalização em bares


Pernambuco registrou, por duas semanas, um aumento no número de casos de coronavírus. Diante dese quadro, o governo informou, nesta quinta (3), que vai intensificar a fiscalização em bares, para que sejam cumpridas as regras para prevenção da Covid-19. Também disse que não aumentará para até 1,5 mil o público permitido em eventos, como previsto anteriormente pelo plano de flexibilização.


O secretário estadual de Saúde, André Longo, afirmou que o aumento do número de casos por duas semanas seguidas "não ocorria já há algum tempo". Ele disse que houve piora da pandemia em quase todas as regiões, com exceção de parte do Sertão.

O anúncio foi feito durante pronunciamento transmitido pela internet. Longo afirmou, ainda, que o governo "tem observado um aumento de casos relatados nas emergências de alguns serviços de saúde, ao longo das últimas semanas".

Ele também disse que a elevação dos registros de notificação dos últimos dias, "tem relação direta, também, com uma elevação no número de casos leves, mais que de casos graves".

"Isso tem relação com o fenômeno de não mais ficar em casa, de procurar os serviços de saúde, e com o expressivo aumento no volume e capacidade de testagem de Pernambuco", declarou.