PE: quatro crianças morreram por Covid-19 nesta semana


Um bebê do sexo masculino de 7 meses, que tinha leucemia, morreu em Pernambuco infectado pela Covid-19. Este é o quarto óbito de criança por coronavírus apenas nesta semana. A morte da criança foi registrada no boletim epidemiológico desta quinta-feira (14) da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE). Além dessa, outras 74 novas mortes foram registradas neste boletim. Agora, Pernambuco tem 1.298 mortes pelo novo coronavírus. O estado tem 15.588 casos confirmados da Covid-19, sendo 8.205 graves e 7.383 leves. Dessas, 2.752 pessoas estão recuperadas da doença. Nesta quinta, a Secretaria Estadual de Saúde confirmou 687 novos casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, 329 se enquadram como Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag) e 358 são casos leves. Agora, dos 15.588 casos confirmados no estado, 8.205 são graves e 7.383, leves. Dos casos graves, 1.462 evoluíram bem, receberam alta hospitalar e estão em isolamento domiciliar. Outros 2.693 estão internados, sendo 237 em UTI e 2.456 em leitos de enfermaria, tanto na rede pública quanto privada. O boletim de hoje registra mais 152 pacientes recuperados do novo coronavírus, totalizando 2.752 pessoas curadas. Até agora, os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 144 municípios , além do arquipélago de Fernando de Noronha e de ocorrências de pacientes de outros estados e países. Dos 74 óbitos registrados hoje, 38 são do sexo masculino e 36 do sexo feminino. As pessoas moravam no Recife (28), Jaboatão dos Guararapes (10), Vitória de Santo Antão (5), Cabo de Santo Agostinho (3), João Alfredo (3), Olinda (2), Ipojuca (2), Moreno (2), Paudalho (2), Ribeirão (2), Paulista (1), Abreu e Lima (1), Água Preta (1), Barreiros (1), Bom Jardim (1), Caruaru (1), Gravatá (1), Itapissuma (1), Itaquitinga (1), Lagoa do Itaenga (1), Petrolina (1), São Bento do Una (1), São Lourenço da Mata (1), Serra Talhada (1) e Vicência (1). As mortes registradas neste boletim aconteceram entre os dias 15 de abril e 13 de maio, e os pacientes tinham idades entre 40 e 97 anos, além da criança de 7 meses. As faixas etárias eram: 0 a 9 (1), 40 a 49 (10), 50 a 59 (10), 60 a 69 (17), 70 a 79 (13), 80 ou mais (23). Dos 74 pacientes que vieram a óbito, 33 apresentavam comorbidades confirmadas, como hipertensão (16), diabetes (14), doença cardiovascular (6), tabagismo/histórico de tabagismo (6), histórico/sequela de AVC (2), doença pulmonar obstrutiva crônica (2), doença de Alzheimer (2), histórico/sequela de AVE (1), etilismo/histórico de etilismo (1), HIV/Aids (1), esquizofrenia (1), asma (1), pneumonia (1), infecção do trato respiratório (1), tuberculose (1), insuficiência respiratória (1), infecção do trato urinário (1), demência avançada (1), doença arterial obstrutiva periférica (1), hipotireoidismo (1), obesidade (1), doença renal crônica (1) e leucemia (1). Cinco não tinham comorbidade e os demais casos estão em investigação pelos municípios. Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 2.918 casos foram confirmados e 1.874 descartados. Outros 741 casos ainda estão em investigação. As testagens abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. 

2.6K