• TVLW Online

Passageiros de cruzeiro atracado no Recife serão retirados


Empresa que organiza a viagem deverá custear dois aviões para o transporte dos passageiros e tripulantes de volta aos seus países de origem


O secretário estadual de Saúde, André Longo, afirmou nesta segunda-feira (16) que os mais de 600 viajantes que permanecem isolados a bordo do cruzeiro Silver Shadow no Porto do Recife serão retirados da embarcação. De acordo com o gestor, a empresa que organiza a viagem deverá custear dois aviões para o transporte dos passageiros e tripulantes de volta aos seus países de origem. A embarcação atracou no Porto do Recife na última quinta-feira (12), vinda de Salvador. Logo após chegar em Recife, um dos passageiros, um canadense de 78 anos, apresentou sintomas da Covid-19. De acordo com o secretário, ainda não é possível definir um cronograma para a realização da operação, que está sendo planejada com as representações diplomáticas dos outros países. "[O plano] está dependendo dessas tratativas que estamos fazendo com as embaixadas", informou. "Isso é uma articulação que envolve aspectos internacionais, do regulamento sanitário local e nacional. Então tudo está sendo pensado para que seja feita uma operação segura".


Nesta segunda-feira (16), o secretário e o governador Paulo Câmara participaram de uma reunião com 14 prefeitos de cidades da Região Metropolitana do Recife, além da secretária de Saúde de Jaboatão e do presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), José Patriota. Entre os temas debatidos, está a possibilidade de estender para toda a Região Metropolitana do Recife (RMR) a determinação de suspender as atividades nas escolas públicas e privadas.


Por: Folha de Pernambuco