Pai mata filhos e se suicida; homem estava em processo de separação da esposa


Em um caso que chocou a Itália neste sábado (27), um homem matou os dois filhos e se suicidou após não aceitar o processo de separação da esposa.

Segundo as informações da polícia de Lecco, Mario Bressi, 45 anos, estrangulou os filhos de 6 e 12 anos e depois se jogou de uma ponte em Margno – uma cidadela de menos de 400 habitantes.


A morte das duas crianças foi descoberta pela mãe após receber uma mensagem em seu celular de Bressi dizendo que ela “nunca mais veria os filhos”. Desesperada, ela se dirigiu para a casa de veraneio onde estavam e os gritos chamaram a atenção dos vizinhos, que ligaram para a polícia.


Segundo testemunhas, até mesmo os agentes da Cruz Vermelha choraram ao ver a cena. Foi encontrado um bilhete em que Bressi afirmava “com os meus filhos, sempre estarei junto”. O casal estava em processo de separação.

“De noite, eu ouvi vários barulhos. Depois, nessa manhã, quando ouvi os gritos, eu saí. Assim que desci as escadas, vi a mãe das crianças gritando desesperada. Conheço bem a família, são turistas há muitos anos aqui em Margno, como nós. Conheço os avós, conheço todos. Ontem à noite, as crianças brincavam felizes no jardim. Eu não consigo crer”, disse um dos vizinhos à ANSA.