O Sertão venceu! Afogados tira sarro após eliminar Atlético na Copa do Brasil


Clube com apenas seis anos de fundação e com uma folha salarial mensal de R$ 100 mil, o Afogados-PE fez história nesta quarta-feira ao eliminar o Atlético na segunda fase da Copa do Brasil. A classificação inédita foi nos pênaltis, com a vitória por 7 a 6. No tempo normal, houve empate por 2 a 2. No vestiário do estádio Vianão, em Afogados da Ingazeira-PE, jogadores, comissão técnica e funcionários do clube pernambucano não perderam a chance de tirar sarro do Galo.


Com o dedo indicador sobre a boca, os classificados fizeram o tradicional sinal de “silêncio”. A foto foi postada na conta oficial do Afogados no Facebook.


Em outra postagem, o Afogados valorizou o feito de um clube modesto sobre um dos gigantes do futebol brasileiro: “O Sertão venceu! Deu Coruja”.



Com a classificação, o Afogados assegurou premiação de R$ 1,5 milhão, valor suficiente para garantir os salários dos jogadores em dia por mais de um ano. O dinheiro será investido em reforços para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro e também para dar início às obras de construção do centro de treinamento do clube. Na primeira e segunda fases, o Afogados já havia garantido uma

cota de R$ 1,19 milhão (R$ 540 mil + R$ 650 mil). O perfil oficial da Copa do Nordeste usou a mesma imagem para celebrar a vaga inédita do Afogados na terceira etapa da Copa do Brasil. Na primeira etapa do torneio, o clube pernambucano havia eliminado o Atlético do Acre.