Justiça aceita denúncia e tio vira réu por estupro de menina de 10 anos no ES


A Justiça do Espírito Santo aceitou denúncia contra o tio da menina de 10 anos que engravidou após ser estuprada em São Mateus e ele se tornou réu por estupro de vulnerável. Se condenado, a pena pode chegar a 15 anos de prisão.

O homem de 33 anos foi denunciado pelo Ministério Público do Espírito Santo (MPES) no dia em que foi preso em Betim, em Minas Gerais.


O suspeito está preso no Complexo de Xuri, em Vila Velha. Ele foi indiciado pela polícia por estupro de vulnerável e ameaça enquanto ainda estava foragido.