Interior de Pernambuco receberá 500 leitos para covid-19



No dia em que Petrolina, no Sertão pernambucano, registrou a primeira morte pelo novo coronavírus (covid-19), o governo do Estado anunciou que possui um plano de ampliação de leitos para o interior de Pernambuco, que deve alcançar um incremento de 500 leitos no mês de maio.

Segundo o secretário de saúde de Pernambuco, André Longo, dos 886 leitos criados pela gestão estadual para pacientes com sintomas de coronavírus e Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), 146 estão no interior do Estado, divididos nas diferentes regiões. A taxa média de ocupação dos leitos é de 81%, sendo 95% de leitos de UTI e 68% nas enfermarias.

"O processo de expansão dos leitos vai ganhar intensidade em maio, com hospitais provisórios que serão montados em Serra Talhada, Caruaru e Petrolina. São cerca de 500 leitos que serão disponibilizados no interior do estado, em três macroregiões, em várias cidades polo", informou Longo. A Secretaria Estadual de Saúde (SES) não detalhou a divisão dos leitos por município. Segundo a Prefeitura de Petrolina, a primeira vítima do novo coronavírus no município é um homem de 27 anos, com histórico de doença crônica. Ele estava na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Petrolina e foi regulado neste domingo (3) para o Hospital Regional de Juazeiro, no norte da Bahia (HRJ) por outro agravo de saúde. Durante o internamento no hospital baiano ele apresentou insuficiência respiratória, foi testado para Covid-19 e positivou. Por: DP #noticias #noticiasbrasil #noticiaspernambuco #sitedenoticias #tvlw #tvlwonline #eduardocosta