Hospitais lotados: 200 pessoas esperam por UTI em Pernambuco


Visando ampliar os leitos de UTI diante do crescimento ostensivo de casos de Covid-19 em Pernambuco, o governador Paulo Câmara encaminhou um ofício nesta quinta-feira (7) ao Ministério da Saúde solicitando 100 respiradores. 

Segundo o secretário de Saúde André Longo, o Estado adotou de forma antecipada medidas rigorosas de isolamento e com isso ganhou tempo para uma melhor estruturação das unidades de saúde. Ao todo, Pernambuco entregou 467 leitos de UTI exclusivamente para tratamento da Covid-19, somados aos leitos de enfermaria o número chega em 900 em 45 dias. 

"A taxa de avanço do vírus tem se ampliado de forma significativa e tem gerado um impacto crescente nos sistemas público e privado de Saúde. Atualmente mais de 200 pacientes estão nas UPAs estaduais sendo assistidos com suporte de oxigênio e/ou ventilação mecânica, mas aguardando uma vaga de UTI”, afirma.



O Estado adquiriu 525 unidades de fornecedores distintos, mas as datas para as entregas não têm sido cumpridas devido a grande demanda no país, o que acarreta no pedido enviado ao Ministério da Saúde. Pernambuco já recebeu na última semana uma remessa de 30 respiradores solicitados anteriormente. 

Nas últimas semanas, a rede de saúde observou um aumento de mais de 400% nas internações de casos suspeitos da Covid-19. No entanto, todos os pacientes que estão aguardando, momentaneamente, a transferência para centros de referência, estão sendo assistidos em unidades de saúde que contam com estrutura de salas de estabilização, pontos de oxigênio e respiradores.