Gravatá: mulher que se suicidou em viaduto já havia pousado em foto no local


Repercutiu em todo estado de Pernambuco a fatalidade registrada na madrugada deste sábado (16) no viaduto da Serra das Russas, localizado na zona rural de Gravatá, agreste pernambucano.


A vítima, uma jovem empresária, natural de Pombos (PE), com 26 anos, identificada como Kelviany Romaially, já teria postado foto em rede social no mesmo local onde ocorreu a fatalidade. Com sorriso marcante e corpo de chama atenção, Kelviany já foi eleita GAROTA ABACAXI, que escolhe uma jovem da cidade para representar o município na Festa do Abacaxi, principal evento turístico da cidade.

Em novembro do ano passado ela teria tentado contra a própria vida e enviado recado para familiares e seguidores através da internet: “Resolvi colocar um ponto final em minha vida, por alguns problemas pessoais. Eu resolvi não viver mais. Achava que minha solução seria a morte, e eu ficava pensando como morreria. Em um dia desses de ‘angustia’ uma colega postou no status do WhatsApp dela essa ponte e na legenda a seguinte frase: ‘aqui acaba todo sofrimento’. Então, meu cérebro captou essa informação e decidi me atirar daí nesse mesmo local da foto. Então sem dizer nada pra ninguém, tomei 10 diazepam, 10 clonazepam e fui até esse lugar desesperada e abatida. Sentei nessa ponte e fiquei”, dizia a postagem.

O relato reforça a importância dos brasileiros na identificação de pessoas com depressão. É importante que a família convença as pessoas que falam em suicídio a ter um acompanhamento psicológico imediato. Depressão é uma doença grave e que precisa ser tratada para não seguir para um fim trágico como esse.