Filho matou mãe a facadas em Gravatá; confirma delegado titular da 62ª DEPOL


O delegado de Gravatá, Altemar Mamede (foto), titular da Delegacia da 62ª CIRC, confirmou na manhã desta terça-feira (10), durante entrevista em rádio local, que o filho de fato teria assassinado a própria mãe com golpes de faca peixeira, numa crime cometido durante a madrugada deste último sábado (7) no bairro de Santa Luzia.


Ele demorou um pouco para assumir. Os policiais civis que estavam de plantão foram até o Hospital da Restauração, em Recife, e ao conversarem com ele, depois de uma negativa da autoria , no final de fato ele resolveu confessar e explicou o que aconteceu, pela versão dele naquela madrugada“, disse o delegado.

O delegado informou que o suspeito teria feito uso de drogas durante a madrugada e a mãe, Josélia Bezerra da Silva, após acordar flagrou o filho fazendo uso de substância, possivelmente cocaína. Matheus teria sido advertido e a mãe revoltada armou-se com uma faca.

O acusado teria tomado a faca da mãe e atingido-a fatalmente no pescoço. O jovem foi socorrido com vida para o Hospital Doutor Paulo da Veiga Pessoa (HDPVP) e depois transferido para hospital do Recife. O delegado informou que após o suspeito receber alta ele será qualificado em flagrante por homicídio majorado, pois a vítima não teve condições de defesa.

A mãe teria vendido uma casa para pagar dívidas do filho, e teria criado um negócio para que ele pudesse ganhar dinheiro e se livrar do mundo das drogas. Mas, infelizmente a mãe não conseguiu.