Em 1º dia de quarentena mais rígida, Caruaru tem pontos de fiscalização, mas muita gente em feira


Entrou em vigor nesta sexta-feira (26) o Decreto Estadual que permite a circulação apenas para realizar ou buscar serviços essenciais em Bezerros e Caruaru, ambas cidades do Agreste de Pernambuco. No início da manhã, a reportagem daTV Jornal Caruaruobservou no município um reforço na fiscalização das barreiras sanitárias e nos estabelecimentos, com objetivo de garantir o cumprimento da medida que visa a redução do ritmo de contágio pela covid-19 nos municípios, onde ocorreram 71% dos casos de síndrome respiratória aguda grave (srag) no Agreste na última semana. As informações são dos repórteres Renata Araújo e Vital Florêncio, da TV e Rádio Jornal Caruaru, respectivamente.


Na Praça Coronel Porto, Centro da cidade, ainda havia uma movimentação pouco intensa de pessoas e veículos. Muitas equipes da Polícia Militar faziam a fiscalização dos estabelecimentos, para garantir que apenas os serviços essenciais funcionem. De forma geral, as lojas respeitaram a orientação estadual.


Na Feira da Verdura, que acontece nesta sexta no bairro São Francisco, em Caruaru, no entanto, o movimento aparentemente era normal. Foi anunciado que a Feira da Sulanca receberia atenção especial da operação para evitar que haja montagem e abertura de bancas, e a suspensão da realização de qualquer comércio no Parque das Feiras.

Segundo decreto, as pessoas só poderiam sair de casa se precisarem se abastecer de alimentos em supermercados ou mercados, além de ter acesso a farmácias, padarias, postos de gasolina e atendimento em unidades de saúde. Nessas ocasiões, o uso de máscara é obrigatório.


Comércio

Durante dez dias, de 26 de junho a 5 de julho, o comércio ficará fechado em Caruaru e Bezerros, a fim de diminuir a circulação de pessoas. Poderão funcionar apenas as atividades industrial, de construção civil (com metade da capacidade) e de restaurantes, lanchonetes, bares e similares (desde que sirvam apenas como ponto de coleta e/ou entrega). A população pode colaborar denunciando casos de descumprimento, por meio do telefone 190, do Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciods).

Efetivo

Conforme anunciado, as forças de segurança pública de Pernambuco dão início à Operação Quarentena em ambas as cidades. Diariamente participam do trabalho 274 policiais militares, 64 policiais civis e 30 bombeiros militares para fiscalizar a restrição das atividades econômicas nas duas cidades do Agreste do Estado.


Por: TV Jornal