• TVLW Online

DONA DE BAR É PRESA AO SE RECUSAR FECHAR O ESTABELECIMENTO E DESACATAR A POLÍCIA


A Central de Operações do 9º Batalhão recebeu denúncia no domingo (22), que no Sítio Cágado, em Garanhuns, o Tekkilas Bar estaria funcionando normalmente, desobedecendo o decreto do governo do estado e fazendo aglomerações de pessoas no seu interior.

De acordo com a Polícia Militar, uma equipe do GATI foi ao local denunciado e encontrou o estabelecimento com os portões de acesso fechados. Foi solicitado uma verificação no interior a respeito da denúncia, no entanto, a proprietária recusou que o bar fosse verificado.

Diante da determinação de se fazer cumprir o decreto de lei n°48.832 de 19/mar/2020, referente ao enfrentamento da disseminação do Corona Vírus em Pernambuco, o efetivo policial forçou a entrada ao bar, momento que várias pessoas saíram correndo por uma passagem que havia nos fundos.

Ainda segundo a polícia, foi solicitado a proprietária que fechasse o bar e obedecesse às determinações impostas pelo governo estadual, porém, ela passou a desferir palavras de baixo calão contra os militares informando que não fecharia o estabelecimento.

Desta forma, ela recebeu voz de prisão por desacato, por infringi a determinação do poder público em impedir a introdução ou propagação de doença contagiosa. A mulher ainda se recusou a entrar na viatura policial, sendo assim, necessário o uso de algemas e força excessiva para conter a presa que foi levada a delegacia de polícia e autuada em flagrante.


Foto e onformações: Agreste Violento