Criança de quatro anos morre na Bahia; pai é o principal suspeito


O principal suspeito é o pai, que teria cometido o crime por estar insatisfeito com o fim do relacionamento com a mãe do menino.


Após o relato, agentes da 32ª CIPM foram até o imóvel, localizado no Parque São Francisco, onde havia forte odor de gás de cozinha. O acusado ameaçava explodir a residência, então a equipe solicitou apoio de outras guarnições. Após a contenção e isolamento do perímetro, foram requisitados também o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), uma viatura dos Bombeiros e uma ambulância do Samu.


Ainda de acordo com a PM, após um tempo de negociação, o acusado deixou de responder ao contato estabelecido pelo negociador. Então, foi necessária a entrada imediata na residência, onde foram encontrados, desacordados, o pai da criança e a vítima.


Eles foram socorridos até o Hospital de Pojuca, onde o menino não resistiu. Já o acusado foi hospitalizado e depois encaminhado para a delegacia de Pojuca, onde a ocorrência foi registrada.


A Polícia Civil, apurou que o homem foi autuado por homicídio. Ele já teve o flagrante convertido em prisão preventiva e está custodiado na DT/Pojuca, à disposição da Justiça.

PARCEIROS TVLW-2021.gif