Coronavírus: Governo de Pernambuco cria plano para retomar atividades em 11 semanas, mas não anuncia


Após o protocolo de quarentena durante o mês de maio, o Governo de Pernambuco anunciou que criou um plano para retomada gradativa das atividades em 11 semanas. No entanto, ainda de acordo com o governo estadual, a data de início depende de um conjunto de indicadores definidos pelas autoridades sanitárias e científicas que fazem parte do Gabinete de Enfrentamento ao Novo Coronavírus.


“Sem vacina ou medicamento comprovadamente eficaz contra o Coronavírus, todos teremos que conviver com a doença. Nosso plano pesa quais atividades têm menos impacto nas curvas de contaminação e a relevância econômica de cada setor para definir o cronograma de liberação”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, em fala enviada pela assessoria de imprensa. 


Plano  

Segundo o governo, o plano inclui a análise da quantidade de trabalhadores por setor e como o retorno de cada atividade e a ideia é que os setores adotem horários diferentes de expediente. O estudo foi conduzido pelas Secretarias de Desenvolvimento Econômico, Planejamento e Gestão, da Fazenda, do Trabalho e Qualificação e de Desenvolvimento Urbano.


Por: TV Jornal