Cidades suspendem aulas para crianças de até 5 anos por aumento de doenças respiratórias

Ao menos quatro cidades de Pernambuco anunciaram a suspensão de aulas nas redes municipais para crianças de até 5 anos, diante do aumento de casos de doenças respiratórias graves na faixa etária: Alagoinha, no Agreste; e Serra Talhada, Triunfo e Sertânia, no Sertão do Estado.


Segundo os dados mais recentes do Governo do Estado, divulgados na terça-feira (24), há 96 crianças e bebês na fila de espera por um leito.

Em Sertânia, a medida vale até o dia 3 de junho. Segundo a prefeitura, a suspensão vale alunos de 0 a 5 anos em creches e escolas públicas e privadas.



“Estamos adotando esta medida preventiva por compreender a necessidade de reduzir, ao máximo, as possibilidades de transmissão desse vírus. Entendemos que essa ação é necessária para que nossas crianças não sejam infectadas”, disse a secretária de Educação de Sertânia, Simoni Laet.

Em Serra Talhada, a recomendação começou a valer em 24 de maio e tem prazo de duas semanas - acaba em 7 de junho. A prefeitura cita que as crianças de 0 a 5 anos são "mais suscetíveis aos vírus causadores da Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

PARCEIROS TVLW-2021-4.gif