Chefe de facção preso em PE era passageiro em caminhonete de luxo e apresentou documento falso em bl




O homem de 50 anos preso em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco, apontado como um dos mais procurados do país, estava em uma caminhonete Hilux branca quando foi parado em uma blitz da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Ao ser abordado, ele apresentou uma carteira de habilitação que os policiais constataram depois ser falsa.

Segundo o Ministério da Justiça, o homem preso é Valdeci Alves dos Santos, o Colorido, que era considerado o segundo principal líder do Primeiro Comando da Capital (PCC) em liberdade e que estava foragido desde 2014.


A identidade foi confirmada depois que ele foi levado até a Delegacia da Polícia Federal, onde realizaram a identificação datiloscópica e confirmaram que o documento era falsificado. Segundo a Polícia Federal (PF), a carteira estava com os dados do irmão de Valdeci, utilizando uma foto sua no local da original.

A prisão aconteceu no sábado (16) em uma ação conjunta da PRF e da PF do Rio Grande do Norte. Neste domingo (17), a PF em Pernambuco informou que ele já estava em um presídio do Grande Recife.


PARCEIROS TVLW-2021-4.gif