Cerca de 150 mil reais em dispositivos eletrônicos de fumar foram apreendidos.



A Receita Federal, em conjunto com a Polícia Civil de Pernambuco - PCPE, Procon e Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária – APEVISA, deflagraram nesta quarta-feira, 8 de agosto, a operação Smoke, que teve como alvo, 4 estabelecimentos comerciais da Região Metropolitana do Recife que vendiam os chamados dispositivos eletrônicos para fumar (DEF), ou simplesmente cigarros eletrônicos. Três (3) destes alvos estavam localizados no bairro de Boa viagem, sendo dois deles situados em shopping centers.


A comercialização, importação e propaganda de todos os tipos de dispositivos eletrônicos para fumar (DEFs) são proibidas no Brasil, por meio da Resolução de Diretoria Colegiada da Anvisa: RDC nº 46, de 28 de agosto de 2009.


Segundo o representante da Receita Federal, a importação de produtos listados como Proibidos pelos órgãos regulamentadores no país configura crime de contrabando e é um dos principais focos de atuação por parte da Divisão de Vigilância e Repreessão ao Contrabando e Descaminho da RFB. Ainda segundo o órgão cerca de R$ 200.000,00 em mercadorias ilegais foram apreendidas e 5 pessoas foram levadas à Delegacia de Deefesa do Consumidor - DCCP para prestar depoimento.


A coletiva de imprensa será na sede da polícia civil de PE às 10h de hoje.

PARCEIROS TVLW-2021-4.gif