Casos de Covid-19 aumentam em várias partes do mundo, alerta Opas

O aumento das infecções por Covid-19 em várias partes do mundo é um "aviso" para as Américas de que o vírus não está sob controle, apesar da diminuição das infecções na região, disse a Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) nesta quarta-feira (16).



A Opas, escritório regional da Organização Mundial da Saúde (OMS), destacou que as infecções do coronavírus aumentaram 28,9% na semana passada na região do Pacífico Ocidental, que inclui a China; 12,3% na África; e quase 2% na Europa em relação à semana anterior.

"Os casos estão aumentando novamente em outras partes do mundo, o que serve de alerta para nossa região", disse o vice-diretor da Opas, Jarbas Barbosa, em coletiva de imprensa.




Nas Américas, os casos de Covid-19 continuaram em queda pela oitava semana consecutiva, com mais de 901 mil novos casos relatados na semana de 6 de março, uma queda de 19% em relação à semana anterior. As mortes semanais também continuaram sua trajetória descendente pela quinta semana consecutiva, com 15.523 novas mortes relatadas (-18,4%), disse a Opas.

Mas Barbosa indicou que, embora a maioria dos países e territórios americanos tenha relatado redução de novos casos, no Caribe e nas ilhas do Oceano Atlântico os casos aumentaram 56,6%. "As infecções e mortes por Covid-19 estão diminuindo na maior parte de nossa região, mas muitos casos e mortes ainda estão sendo relatados todos os dias, uma indicação clara de que a transmissão ainda não está sob controle", lembrou.

Devido ao risco que a pandemia ainda representa, a Opas pediu aos países das Américas para ampliar as taxas de vacinação anticovid.

Barbosa destacou que o Chile, assim como as Ilhas Cayman e Porto Rico (territórios britânico e norte-americano no Caribe, respectivamente), já vacinaram mais de 90% de sua população, mas lembrou que 21 países e territórios das Américas ainda precisam vacinar 50%.

PARCEIROS TVLW-2021-4.gif