Caruaru sem São João? 'Maior e Melhor' não acontece pela primeira vez em 40 anos


A Festa junina não será realizada devido à pandemia do coronavírus e também para evitar aglomerações. 'É um misto de melancolia com angústia, saudade e tristeza', diz artista.


Parafraseando a letra de Juarez Santiago e Marrom, quando chega junho em Caruaru acende uma fogueira no coração de cada filho da terra, seja ele legítimo ou adotado pela Capital do Forró. Neste ano, no entanto, o mês do São João vai dar lugar à saudade. Devido à pandemia do coronavírus e também para evitar aglomerações, o maior e melhor festejo junino do mundo não vai ser realizado pela primeira vez em 40 anos. Sem a festa, a prefeitura estima um prejuízo de R$ 200 milhões.

"O São João do ano passado gerou algo em torno de R$ 200 milhões para economia de Caruaru. Foram cerca de 3 milhões de pessoas que circularam na cidade durante os festejos juninos e cerca de seis mil empregos diretos e 12 mil empregos indiretos gerados. É um motor para economia o São João e infelizmente esse ano não acontecerá", lamentou o presidente da Fundação de Cultura e Turismo de Caruaru, Rubens Júnior.


Aos 57 anos, Rubens afirmou que nunca passou "por nada parecido", ressaltou que todos estão passando por uma situação delicada e revelou que não fazer o tradicional São João nas ruas de Caruaru neste ano o deixou triste. "Ano passado realizamos o maior São João da história de Caruaru e infelizmente não vamos fazer esse ano. Isso me deixa muito triste. Conversei com muitos forrozeiros e todos estão sentindo muito. Mas, em primeiro lugar a vida", ressaltou.

Em 2019, a prefeitura havia confirmado Zé Neto e Cristiano, Alok, Marília Mendonça, Xand Avião, Léo Santana e Elba Ramalho na festa. Durante o carnaval deste ano, a prefeita Raquel Lyra informou que Wesley Safadão e Gusttavo Lima também iriam fazer parte da programação do São João 2020. Os artistas fariam shows nos dias 5 e 24 de junho, respectivamente.


"Existia, na verdade, um acordo de cavalheiros com os cantores da grande mídia que a prefeita já anunciou. A essa altura, todos os cantores já estariam com os contratos feitos. Mas, todos compreenderam a pandemia e foram solícitos com Caruaru", explicou o presidente da Fundação de Cultura.

"Já que temos que passar por isso, vamos tirar uma lição. A lição que juntos somos mais fortes. Ano que vem, aí sim, vamos fazer o Maior e Melhor São João da história de Caruaru", finalizou Rubens Júnior.


Por: G1/Caruaru