Bens apreendidos por lavagem de dinheiro serão revertidos para a Polícia Civil de Pernambuco




Bens apreendidos pela Polícia Civil de Pernambuco relacionados a crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de valores poderão ser convertidos para uso da própria corporação no combate a outros crimes. É o que prevê um decreto estadual regulamentador, publicado na última semana.

O Fundo de Reequipamento da Polícia (Funrepol), que já existe há 21 anos, foi alterado justamente por meio desse decreto assinado pelo governador Paulo Câmara. Agora, a partir do momento em que os bens apreendidos tiverem a sua perda decretada Justiça (quando os processos transitam em julgado), esses valores serão convertidos pela melhorias e modernização da própria Polícia Civil.



Bens apreendidos pela Polícia Civil de Pernambuco relacionados a crimes de lavagem de dinheiro e ocultação de valores poderão ser convertidos para uso da própria corporação no combate a outros crimes. É o que prevê um decreto estadual regulamentador, publicado na última semana.

O Fundo de Reequipamento da Polícia (Funrepol), que já existe há 21 anos, foi alterado justamente por meio desse decreto assinado pelo governador Paulo Câmara. Agora, a partir do momento em que os bens apreendidos tiverem a sua perda decretada Justiça (quando os processos transitam em julgado), esses valores serão convertidos pela melhorias e modernização da própria Polícia Civil.



PARCEIROS TVLW-2021-4.gif