top of page

Avô obriga neta de 10 anos a beber óleo de motor até morrer em aldeia de MS, diz polícia

Um homem, de 60 anos, foi preso em flagrante suspeito de matar a própria neta, de 10 anos, ao obrigá-la a beber óleo de motor usado, em uma aldeia de Aral Moreira (MS), a 376 km de Campo Grande, na tarde desse domingo (27). De acordo com a Polícia Civil, moradores da comunidade capturaram o suspeito até a chegada da polícia.


As autoridades policiais foram acionadas pela liderança da aldeia por volta das 14h30. A liderança relatou que uma criança de 10 anos havia sido morta pelo avô materno. As investigações iniciais indicaram que o idoso obrigou a menina a ingerir óleo de motor usado até a morte.

Informações policiais ainda apontam que a criança tinha deficiência e apresentava mobilidade reduzida, o que aliado à pouca idade, dificultou a defesa da vítima, de acordo com as autoridades.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia de Ponta Porã, a 136 km da cidade onde o crime ocorreu.

PARCEIROS TVLW-2021-4.gif
bottom of page