Após ser agredida várias vezes pelo marido, atriz presta queixa em delegacia

A atriz Isis de Oliveira, que é irmã da atriz Luma de Oliveira, precisou prestar queixa na 12ª Delegacia de Copacabana, Rio de Janeiro (RJ), após o marido dela, Hazem Roshdi, lhe agredir.

Para a polícia, a atriz confessou que a violência doméstica ocorre com frequência nos últimos meses, mas só prestou queixa porque achou que fosse ser assassinada.



Com 69 anos, a atriz disse que certa vez o marido lhe empurrou e acabou cortando o supercílio. Na ocasião a atriz foi para o hospital, prestou queixam, mas acreditou quando marido disse “que não vivia sem ela”.

Em outra cena de agressão, Isis teria sido puxada do colchão onde estava e depois o agressor usou um travesseiro para tentar matá-la sufocada. Numa outra ocasião, a vítima acordou com o homem lhe dando socos nas costas.

Na quarta-feira (22) o agressor chegou em casa quebrando ventilador, computador e dizendo que rasgaria a cara da atriz e colocaria fogo na casa: “foi a primeira vez que senti medo de morrer”, disse a vítima.

Quando a polícia chegou no imóvel, o agressor foi visto alterado. Agora a atriz está sobre medida protetiva. A polícia aguardou que o agressor tirasse as coisas do apartamento onde ‘morava’ com a atriz.