Após o 'The Voice Brasil', Nanara Bello quer ganhar o mundo


Na nona temporada do The Voice Brasil, que está no ar na TV Globo, o reality musical nos apresentou três pernambucanas talentosas. Uma delas foi a cantora Nanara Bello. Aos 27 anos, a jovem de Arcoverde virou três cadeiras do programa em sua Audição às Cegas e foi até a fase das Batalhas como representante do time de Michel Teló.


Mas iniciante não é um adjetivo que se aplica a esta cantora. Filha de músico, Nanara conta que cresceu vendo o pai tocar e cantar e, desde os três anos, já dizia que queria ser cantora. "Subi ao palco pra cantar pela primeira vez aos sete anos. Naquele momento senti uma realização, era como se aquela fosse o meu 'brinquedo' favorito. A partir daquele dia tive a certeza que era aquilo que eu queria pra o resto da minha vida", contou.


Determinada a viver da música, Nanara Bello gravou seu primeiro disco aos 12 anos. E três anos depois, se tornou vocalista na Santa Dose, uma famosa banda de baile aqui do Estado. "A Santa Dose foi a primeira banda que me projetou pra o mercado. Fizemos shows em vários estados, gravamos dois DVD's lindos e aprendi muito sobre grandes apresentações", relata, com orgulho.

Tendo Ivete Sangalo e Marisa Monte como inspirações musicais, a artista explica porque decidiu se aventurar no The Voice Brasil: "Participei porque queria me desafiar como artista, sentir a adrenalina de um programa nacional e até mesmo internacional, já que passa em mais de 130 países. Foi uma emoção incrível! Nessa edição foram 3 milhões de vozes [inscritas]. Chegar entre as 60 foi um grande desafio superado".


Por: JC Online