Afegã grávida tem bebê dentro de avião militar dos EUA

Uma mulher grávida afegã deu à luz a uma menina dentro de um avião militar dos Estados Unidos depois de fugir do Afeganistão. Durante um vôo de uma base no Oriente Médio para a Alemanha, a mãe entrou em trabalho de parto e começou a ter complicações.

O piloto decidiu voar mais baixo para aumentar a pressão do ar na aeronave. A manobra deu certo e ajudou a estabilizar o estado de saúde da mãe.


Após o pouso, os militares auxiliaram a mulher no trabalho de parto e o bebê nasceu na área de carga do avião. A menina e a mãe foram levadas para uma unidade médica da cidade e passam bem. As informações são da Força Aérea dos EUA.



Com a chegada do Talibã ao poder no Afeganistão, histórias como essa se tornaram rotina no país. As cenas de mulheres tentando entregar seus filhos pequenos para salvá-los enquanto uma multidão se espremia para tentar fugir do país por causa da tomada do poder pelo Talibã comoveu e preocupou muita gente (veja abaixo). Algumas crianças chegaram a ficar feridas pelos arames da cerca.

Farista Rahmani, mãe de Hadiya, se perdeu de seu marido, Ali Musa Rahmani, e ficou com medo de que a filha ficasse ferida ou acabasse caindo e sendo pisoteada na confusão. Por isso decidiu entregar o bebê aos soldados, segundo a agência Reuters.

PARCEIROS TVLW-2021-4.gif