Açudes rompem e pelo menos 100 famílias ficam desabrigadas no Ceará


Com as fortes chuvas registradas nos últimos dias, açudes em Quiterianópolis vieram a sangrar e romperam com as paredes de contenção das águas, causando prejuízos a população. Pelo menos 100 famílias foram afetadas com o arrombamento dos reservatórios. Houve desabamento em 10 prédios - entre casas, bares e comércios - e as vilas Caeiras, Alegre e São Miguel foram inundadas. Três pessoas estão desaparecidas. Outras vilas afetadas pelo rompimento das barragens foram Cacimbas, São Francisco, e Santa Rita. Essa última, de acordo com o secretário de Governo Epaminondas Bezerra, está com acesso inviabilizado, e pelo menos duas mil pessoas estão ilhadas na comunidade. A estrada que liga Quiterianópolis a Novo Oriente também está bloqueada pelo avanço das águas. Segundo Epaminondas, ainda não há vítimas registradas, no entanto, três pessoas seguem desaparecidas. Também foram suspensas as aulas nas escolas de Quiterianópolis, e os prédios serão usados para abrigar as famílias desalojadas.


Por: PE Informado