Após dizer que Milei 'preocupava', Haddad evita comentar resultado na Argentina: 'Tem que aguardar'

Seja bem vindo
Arcoverde,25/05/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Após dizer que Milei 'preocupava', Haddad evita comentar resultado na Argentina: 'Tem que aguardar'

Fonte: g1.globo.com
Após dizer que Milei 'preocupava', Haddad evita comentar resultado na Argentina: 'Tem que aguardar'

Em outubro, ministro disse que candidato 'preocuparia qualquer um' porque tinha como bandeira 'romper com o Brasil'. Economista ultraliberal, Javier Milei toma posse no dia 10. O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, evitou nesta segunda-feira (20) comentar o resultado das eleições presidenciais na Argentina.
O país escolheu o economista ultraliberal Javier Milei para governar pelos próximos quatro anos – a posse será em 10 de dezembro. Durante a campanha, Milei fez críticas ao governo brasileiro, à esquerda do continente e ao Mercosul.
Questionado, Haddad recorreu à posição publicada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas redes sociais e evitou opinar sobre o resultado.
"O presidente Lula demonstrou apreço pela democracia, [disse] que o nosso continente tem que fortalecer a democracia. Tem que aguardar os acontecimentos, agora não há muito o que comentar", declarou Haddad.
Lula parabeniza instituições argentinas pela eleição e deseja sorte, sem citar o nome de Milei
Em outubro, ainda durante a campanha, Haddad havia dito que era "natural" que ele, como ministro, estivesse preocupado com a candidatura.
"É natural que eu esteja (preocupado). Uma pessoa que tem como uma bandeira romper com o Brasil, uma relação construída ao longo de séculos, preocupa. É natural isso. Preocuparia qualquer um... Porque em geral nas relações internacionais você não ideologiza a relação", disse Haddad em entrevista à agência Reuters, naquele momento.
Javier Milei é eleito presidente na Argentina




COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login